Projetos APTA no Instituto de Tecnologia de Alimentos

Página Inicial / Busca de Projetos

80 projetos ativos encontrados - pág. 1 de 3

Efeito do processamento de alta pressão sobre as propriedades dos materiais de embalagens flexíveis

n° SGP 2232

O processamento por aplicação de alta pressão isostática está crescendo constantemente como um método de preservação de alimentos com perda mínima de qualidade. Os alimentos acondicionados processados por alta pressão isostática mantêm a maior parte de suas qualidades nutricionais, além de ter a vida útil prolongada. Além do processo de alta pressão isostática vem sendo estudado a tecnologia de esterilização térmica assistida por pressão, sendo um método de preservação emergente para produtos alimentícios de baixa acidez, como alternativa promissora em substituição a esterilização térmica convencional. No entanto, a seleção dos materiais de embalagem apropriados para essas tecnologias emergentes, torna-se extremamente importante, pois o processamento pode provocar alterações visuais e nas propriedades físico-químicas e mecânicas dos materiais que podem comprometer a vida útil e segurança dos alimentos processados por alta pressão isostática. Alguns estudos avaliaram o efeito dessa tecnologia sobre as propriedades e sobre o potencial de migração e difusão em algumas embalagens compostas de multicamadas, porém ainda pouco explorado. Dentro deste contexto, uma questão importante e relevante para aplicações industriais é conhecer os possíveis efeitos dos parâmetros de processamentos de alta pressão em baixa e alta temperatura, sobre a estrutura e morfologia de materiais que, por sua vez, podem determinar os efeitos relevantes sobre as propriedades mecânicas, propriedades de barreira, propriedades térmicas, potencial de migração e difusão. Essa pesquisa tem como objetivo avaliar o efeito de diferentes condições de processamento utilizando alta pressão isostática e esterilização térmica assistida por pressão sobre as propriedades e potencial de migração em diferentes materiais de embalagem multicamadas de alta barreira aos gases e vapores.

Ver detalhes do projeto

  Marisa Padula      ITAL

Estudo genotípico de Staphylococcus aureus em amostras de leite bovino obtidas de tanques de expansão

n° SGP 2185

A questão da “qualidade e segurança” dos alimentos tem recebido maior atenção por parte das autoridades, indústrias, profissionais envolvidos, produtores e consumidores de modo geral nos dias de hoje. Embora o processo de pasteurização do leite assegure a destruição de grande parte dos microrganismos patogênicos, se presentes no leite cru, as enterotoxinas estafilocócicas podem permanecer no leite pasteurizado e seus derivados, devido à sua alta estabilidade térmica.A relevância do presente projeto fundamenta-se na segurança alimentar de consumidores de leite, pela identificação da ocorrência do gene mecA de resistência à oxacilina e a presença dos genes codificadores de enterotoxinas A1, A2, B1, B2, C1, C2, D1 e D2 em Staphylococcus aureus isolados de 102 tanques de expansão da região Centro Oeste do Estado.

Ver detalhes do projeto

  Maria Izabel Merino de Medeiros      Apta Regional / ITAL

Ajustes tecnológicos na produção de melado, rapadura e açúcar mascavo

n° SGP 2175

O processo de fabricação do melado, da rapadura e do açúcar mascavo é composto por uma sequência de operações que envolvem limpeza, evaporação e concentração do caldo, cujos equipamentos e instalações são relativamente simples. Porém, há escassez de informações técnicas e trabalhos científicos publicados referentes ao processamento dos mesmos, principalmente em relação às agroindústrias de pequeno porte. Diante disso, objetiva-se avaliar tratamentos de limpeza e preparo do caldo, de forma a estabelecer ajustes tecnológicos que possam contribuir para a obtenção de produtos de qualidade e que atendam às exigências do consumidor, bem como viabilizar a produção de melado, rapadura e açúcar mascavo em escala artesanal e como possibilidade de incrementar a renda no âmbito da agricultura familiar e da atividade rural.

Ver detalhes do projeto

  Elisangela Marques Jeronimo Torres      Apta Regional / ITAL

Avaliação da micobiota, presença de aflatoxinas e efeito do cozimento em amostras de mandioca (Manihot esculenta Crantz).

n° SGP 2113

~~A mandioca é um dos alimentos mais cultivados e consumidos no mundo. Sendo o Brasil o segundo maior produtor mundial, com mais de 20 milhões de toneladas produzidas no último ano. Por ser uma raiz muito perecível, estudos sobre contaminação por fungos tornam-se necessários a fim de identifica-los, bem como a possível produção de micotoxinas, especialmente a aflatoxina, que é um composto carcinogênico. Existem diversos relatos de contaminação por fungos e produção de aflatoxinas em mandioca e seus produtos derivados, porém, muitas destas pesquisas estão concentradas no continente africano, portanto, mais estudos são necessários para verificar as condições destes alimentos no Brasil. Este projeto tem como objetivo a investigação de fungos presentes no meio, ocorrência de fungos produtores de aflatoxinas e também serão avaliados os efeitos do cozimento na redução de aflatoxinas.

Ver detalhes do projeto

  Marta Hiromi Taniwaki      ITAL

Estresse hídrico na pré-colheita do amendoim: influência nos compostos bioativos, infecção fúngica, produção de aflatoxinas e aplicação de modelo preditivo para aflatoxinas.

n° SGP 2112

~~O presente projeto tem como objetivos: (i) verificar a formação de aflatoxinas em duas variedades de amendoim, pelos fungos aflatoxigênicos, desde o plantio no campo até a colheita, monitorando a temperatura e umidade do solo; (ii) com a obtenção dos dados do primeiro item, o projeto irá construir modelos matemáticos  para prever o risco de produção desta toxina; (iii) determinar o teor de fitosteróis, resveratrol e a composição de ácidos graxos nos cultivares estudados; (iv) analisar a relação da composição dos ácidos graxos, fitosteróis e resveratrol do amendoim na produção de aflatoxinas e, (v) analisar a estabilidade oxidativa durante o armazenamento do amendoim.

Ver detalhes do projeto

  Marta Hiromi Taniwaki      ITAL

Investigação e disseminação de informações sobre tendências e alimentos industrializados

n° SGP 2106

O projeto consiste em produzir e divulgar informações respaldadas pela ciência e tecnologia de alimentos que expliquem a importância dos alimentos industrializados ou processados para a sociedade brasileira, bem de estudo de tendências sobre frutas e vegetais. Para tanto, serão criados mais 12 módulos no site alimentosprocessados.com.br, publicados dois documentos sobre alimentos industrializados, elaboradas duas cartilhas, ampliada a atividade de comunicação com a sociedade e construído um novo modelo de relacionamento institucional.

Ver detalhes do projeto

  Luis Fernando Ceribelli Madi      ITAL

Efeito da aditivação, do tempo e da temperatura de estocagem no coeficiente de atrito (COF) de filmes de polietileno de baixa densidade linear (PEBDL).

n° SGP 2101

O presente estudo se propõe a avaliar o comportamento do Coeficiente de atrito (COF), importante indicador de maquinabilidade, em filmes monocamadas de polietileno de baixa densidade linear (PELBD) com e sem adição de dois tipos de deslizantes: erucamida, em duas concentrações diferentes e deslizante não-migratório, em condição controlada pelo prazo de 360 dias a 23 °C e duas condições aceleradas (40ºC e 60ºC). Como a erucamida tem comportamento migratório, será testado, concomitantemente, a adição de aditivo antiestático de comportamento migratório, de modo a avaliar sua interferência no comportamento do deslizante. Serão realizadas medições de coeficiente de atrito (COF) em diversas épocas para verificar a cinética da perda do deslizante e sua influência no COF e determinação da concentração do aditivo por cromatografia líquida de alta eficiência no início e no fim da estocagem em cada condição.

Ver detalhes do projeto

  Marisa Padula      ITAL

Determinação de antioxidantes em embalagem plástica para produtos farmacêuticos. Parte II

n° SGP 2100

      A compatibilidade de entre a embalagem e o produto é um dos aspectos mais importantes na definição do material a ser utilizado. A embalagem não deve interagir com o produto, ou seja, não deve ocorrer a migração ou extração de substâncias da embalagem para o produto ou a adsorção/ absorção de componentes do medicamento pela embalagem. Plásticos são polímeros de alto peso molecular que podem ser moldados em diferentes formatos com auxílio de calor e pressão. Para o processamento de plásticos aditivos são adicionados para se obter produtos melhores. A presença de aditivos em materiais de embalagem suscita a questão da migração do aditivo para o produto acondicionado na embalagem. Como a maioria dos aditivos são moléculas de baixa massa molecular, a maioria deles difunde-se dentro do polímero e frequentemente tendem a migrar para a superfície de material. Desta forma, o produto acondicionado irá entrar em contato direto com a superfície da embalagem e poderá ocorrer a transferência do aditivo para o produto.            Os principais guias sobre os requerimentos de embalagem para produtos farmacêuticos são as farmacopeias. As mais conhecidas são United States Pharmacopoeia e a European Pharmacopoeia. O Brasil em 2010 atualizou a Farmacopeia Brasileira. Esse projeto tem como objetivo implantar um método para determinação e quantificação de antioxidantes em embalagens poliolefínicas destinadas ao acondicionamento de produtos farmacêuticos, de acordo com o descrito na Farmacopeia Americana, USP 39, capítulo 661.1 – Materiais Plásticos – Requisitos (USP, 2016). O método envolve a extração dos antioxidantes e análise do extrato por cromatografia líquida de alta eficiência com detector de arranjo de diodos e quantificação por padronização externa.

Ver detalhes do projeto

  Marisa Padula      ITAL

Estudo da influência de deslizantes no coeficiente de atrito de filmes de polietileno de baixa densidade linear

n° SGP 2099

O presente estudo se propõe a avaliar o comportamento do Coeficiente de atrito (COF), importante indicador de maquinabilidade, em filmes monocamadas de polietileno de baixa densidade linear (PELBD) com e sem adição de dois tipos de deslizantes: erucamida, em duas concentrações diferentes e deslizante não-migratório, em condição controlada pelo prazo de 360 dias a 23 °C e duas condições aceleradas (40ºC e 60ºC). Como a erucamida tem comportamento migratório, será testado, concomitantemente, a adição de aditivo antiestático de comportamento migratório, de modo a avaliar sua interferência no comportamento do deslizante. Serão realizadas medições de coeficiente de atrito (COF) em diversas épocas para verificar a cinética da perda do deslizante e sua influência no COF.

 

 

Ver detalhes do projeto

  Marisa Padula      ITAL

Desenvolvimento de iogurtes probióticos de elevada digestibilidade, com teores reduzidos de gordura e lactose a partir de técnica de ultrafiltração.

n° SGP 2098

O projeto tem como objetivo aplicar o sistema de ultrafiltração (UF) e diafiltração no leite desnatado para concentrar as proteínas lácteas, aumentando seu potencial nutricional e reduzindo o teor de lactose. Os iogurtes serão produzidos a partir de leites concentrados (FC 1,5; 2,0 e 2,5) adicionados de cultura starter para iogurte e cultura probiótica (bifidobactérias). A cinética de fermentação dos microrganismos durante a fermentação do iogurte será monitorada por um sistema CINAC. Os iogurtes serão avaliados quanto à qualidade microbiológica e composição físico-química 24 horas após sua elaboração e serão estocados a 8±2ºC por 28 dias, sendo realizadas avaliações a cada 7 dias em relação à viabilidade dos microrganismos, pH, acidez titulável, viscosidade, capacidade de retenção de água e sinérese. A composição de aminoácidos totais e livres, contagem de bactérias lácticas totais, qualidade microbiológica dos iogurtes e perfil da hidrólise das proteínas (eletroforese) serão verificados com 1, 14 e 28 dias.

Ver detalhes do projeto

  Maria Teresa Bertoldo Pacheco      ITAL

Desenvolvimento da metodologia para determinação da distribuição de peso molecular de hidrolisados proteicos utilizando cromatografia de exclusão molecular em sistema FPLC

n° SGP 2092

A função biológica de hidrolisados proteicos tem sido foco de estudo nos últimos anos, sendo que o peso molecular de seus peptídeos é um dos fatores que influencia na sua bioatividade. A cromatografia líquida de proteína rápida (FPLC) é uma técnica eficaz para a determinação de pesos moleculares de proteínas e peptídeos. A partir de uma metodologia previamente desenvolvida, é necessário aferir a qualidade das conclusões tomadas a partir dos ensaios, a fim de garantir que o novo método analítico gere informações confiáveis e interpretáveis sobre as amostras. desse modo, o presente projeto pretende otimzar e validar a metodologia desenvolvida, através de uma avaliação sistemática do procedimento. Paralelamente, destaca-se a importância da purificação de frações para viabilizar a análise de bioatividade de acordo com diferentes faixas de pesos moleculares. A técncia FPLC permite a purificação do material analisado e a coelta de quantidade de amostra suficiente para a realização de inúmeras análises subsequentes e, portanto, a validação dessa metodologia apresenta um enorme potencial de aplicação para projetos de pesquisa, assim como para a indústria de alimentos.

Ver detalhes do projeto

  Maria Teresa Bertoldo Pacheco      ITAL

Interação alimento-processo-embalagem: efeito da tecnologia de ultrassom em embalagens flexíveis multicamadas

n° SGP 2089

Este trabalho envolve a parceria entre o CETEA e ESALQ/USP, através de exploração de tema que constitui a intersecção da expertise dessas duas unidades de pesquisa: avaliar o efeito da tecnologia de ultrassom em embalagens flexíveis multicamadas. Para tanto, é objetivo deste trabalho conhecer o potencial de migração de alumínio e de outros possíveis migrantes, bem como o desempenho que materiais convencionais apresentam quando submetidos a processo emergentes de tratamento de alimentos, como é o caso da tecnologia de ultrassom.

Ver detalhes do projeto

  Beatriz Maria Curtio Soares      ITAL

Produção Colorau 100% urucum

n° SGP 2086

A literatura descreve a obtenção do colorífico por diferentes processos que vão desde técnicas rudimentares, como a pilagem, às tecnologias industriais mais complexas com a utilização do corante previamente extraído das sementes de urucum misturado a farinha de milho. A produção do colorífico pode envolver ou não a moagem das sementes e sua participação no produto final. Industrialmente a produção de colorífico tem sido realizada por três processos distintos. Em dois desses processos o colorífico é produzido a partir do processamento diireto das sementes de urucum, e a diferença entre eles consiste basicamente na participação ou não da semente no produto final. No terceiro processo o colorífico é produzido a partir da mistura do fubá com um corante pré-extraído das sementes de urucum. O  objetivo principal desse projeto é substituir a utilização de farinha de milho por uma farninha obtida de semente de urucum clarificadas para a produção de coloral.

Ver detalhes do projeto

  Paulo Roberto Nogueira de Carvalho      ITAL

Desenvolvimento de fruta estruturada por gelificação iônica e formatada por gotejamento

n° SGP 2085

Nesse trabalho é proposta a geleificação iônica de suco de fruta. Esse processo consiste na formação da estrutura do produto através capacidade que diversos polissacarídeos têm de formarem gel quando em contado com íons de carga oposta. A técnica é usada em outros trabalhos para esse propósito e também é muito empregada na encapsulação de substâncias.

 

Ver detalhes do projeto

  Izabela Dutra Alvim      ITAL

Elaboração de banco de dados de DSC e mapeamento de embalagens praticadas no mercado para pet food úmido

n° SGP 2083

        Será feito um levantamento dos principais materiais plásticos utilizados no mercado de embalagens. A partir de então, serão selecionadas as resinas plásticas de interesse com ênfase em poliolefinas, a serem cadastradas no banco de dados.

      As amostras para o banco de dados serão obtidas por meio de contato com diversas empresas fabricantes e usuárias das resinas selecionadas. Os métodos de análise por DSC serão otimizados de acordo com cada tipo de material, seguindo as orientações da ASTM D3418 (2015). Será feita uma tabulação dos parâmetros térmicos de cada amostra analisada.

      As embalagens de pet food serão adquiridas no mercado de Campinas e a identificação das estruturas será feita utilizando as técnicas de microscopia óptica, espectroscopia no infravermelho e DSC.

Ver detalhes do projeto

  Rosa Maria Vercelino Alves      ITAL

Ocorrência de Listeria monocytogenes e clostrídios sulfito redutores em produtos cárneos cozidos e curados

n° SGP 2082

A qualidade microbiológica de produtos cárneos está relacionada a seus fatores intrínsecos e extrínsecos, como por exemplo, a disponibilidade de nutrientes, atividade de água, pH, conservantes, o tipo de embalagem que acondiciona o produto e a temperatura de armazenamento. Estes fatores, somados aos parâmetros de processamento podem contribuir para o desenvolvimento microrganismos indesejáveis como Listeria monocytogenes e clostrídios patogênicos em diversas categorias de produtos cárneos. L. monocytogenes e os clostrídios sulfito redutores, tais quais o C. perfringens e o C. botulinum, são bactérias de importância na indústria de carnes por serem uns dos principais patógenos veiculados por alimentos de origem animal. O objetivo deste trabalho é o isolar e quantificar L. monocytogenes e clostrídios sulfito redutores de produtos cárneos cozidos e curados adquiridos no comércio local.

Ver detalhes do projeto

  Renata Bromberg      ITAL

Estudo dos fatores que afetam o crescimento de Listeria monocytogenes

n° SGP 2081

A qualidade microbiológica de produtos cárneos está relacionada a seus fatores intrínsecos e extrínsecos, como por exemplo, a disponibilidade de nutrientes, atividade de água, pH, conservantes e a temperatura de armazenamento. Estes fatores, somados aos parâmetros de processamento podem contribuir para o desenvolvimento de Listeria monocytogenes em diversas categorias de produtos cárneos. L. monocytogenes é uma bactéria de importância na indústria de carnes por ser um dos principais patógenos veiculados por alimentos de origem animal. O objetivo deste trabalho é o isolar L. monocytogenes de produtos cárneos comerciais e do ambiente de plantas processadoras de produtos cárneos e avaliar as características bioquímicas, fisiológicas, morfológicas de crescimento deste patógeno em meio de cultura e/ou em um modelo cárneo.

 

Ver detalhes do projeto

  Renata Bromberg      ITAL

Impactos do uso de cloreto de potássio na segurança microbiológica frente ao Clostridium sporogenes em mortadela conservada em temperatura ambiente

n° SGP 2079

 O MAPA estabeleceu como valor máximo de atividade de água (Aw) para mortadela conservada em temperatura ambiente, 0,955. Em embutidos cárneos acondicionados em filmes impermeáveis o ajuste da Aw é realizado principalmente com adição de NaCl. Uma alternativa para redução de sódio nos alimentos é a substituição parcial de NaCl por KCl. Todavia, KCl contribui de forma de menos efetiva para o aumento da força iônica quando comparado ao NaCl. A força iônica está diretamente relacionada com a Aw. Sendo a Aw a principal barreira para impedir a germinação de esporos de Clostridium botulinum nesta categoria de produto conservada em temperatura ambiente e o íon potássio do sal substituto poderia contribuir para a germinação de esporos, é preciso que seu uso seja cuidadosamente avaliado.
 Diante do contexto apresentado acima, existe a necessidade de se realizarem estudos que estabeleçam parâmetros que assegurem a não germinação de esporos do gênero Clostridium em mortadelas conservadas a temperatura ambiente, assim como impedir a germinação de esporos e desenvolvimento desta bactéria ao longo do período de estocagem em temperatura ambiente.
 

Ver detalhes do projeto

  Ana Lucia da Silva Correa Lemos      ITAL

Avaliação da durabilidade química de frascos de vidro Tipo I para produtos injetáveis disponíveis no mercado

n° SGP 2078

Avaliar a alcalinidade e durabilidade química de frascos de vidro destinados ao acondicionamento de produtos injetáveis, visando correlacionar o potencial de ocorrência de delaminação das embalagens ao processo produtivo/composição química da embalagem, à capacidade volumétrica e à utilização de tratamentos superficiais. Serão avaliados frascos de vidro tipo I provenientes de empresas nacionais e importados disponíveis no mercado nacional e, consequentemente, com composição química e processo de fabricação diferentes (tubular ou moldado), capacidade volumétrica e características superficiais distintas (com e sem tratamentos superficiais), utilizando as condições de ensaios sugeridas pela Farmacopeia Americana.

 

Ver detalhes do projeto

  Sílvia Tondella Dantas      ITAL

Influência das condições de cura nas propriedades físico-mecânicas do verniz interno de latas de bebida

n° SGP 2077

Este projeto tem como objetivo estudar a influência da temperatura de cura do verniz interno empregado na produção de latas de bebidas nas suas propriedades físico-mecânicas, de forma a buscar subsídios técnicos que auxiliem no entendimento da permeabilidade desse verniz em relação a íons metálicos como Cl-, Cu+ e/ou Cu2+.

Serão estudados os vernizes de maior relevância de uso no mercado brasileiro para revestimento interno de latas de bebidas. Eles serão aplicados e curados em diferentes condições de temperatura e/ou tempo, de forma a se obter amostras que apresentem condição de cura insuficiente, cura adequada e cura excessiva. As diferentes amostras serão utilizadas na tentativa de desenvolvimento de método, utilizando a técnica de calorimetria exploratória diferencial – DSC, que demonstre a condição de cura do verniz aplicado. As amostras obtidas nas diferentes condições também terão ainda suas características de desempenho levantada em relação ao grau de cura, flexibilidade, camada seca, aderência e porosidade, de forma que os diferentes parâmetros sejam inter-relacionados.

 

 

 

Ver detalhes do projeto

  Sílvia Tondella Dantas      ITAL

Desidratação de cascas de manga por drum drying: desempenho de diferentes variedades e avaliação do resíduo industrial

n° SGP 2076

O aproveitamento dos resíduos do processamento de sucos e polpas de frutas se justifica frente ao grande volume de massa gerada, e a excepcional qualidade nutricional dos mesmos, que normalmente são descartados, ou empregados na alimentação animal. A secagem é uma alternativa na estabilização desses resíduos, e o produto obtido pode ser empregado como ingrediente no desenvolvimento de produtos alimentícios, resultando na agregação de nutrientes, bem como de propriedades sensoriais, funcionais e tecnológicas.

A literatura científica apresenta poucos trabalhos sobre a secagem de cascas de manga em escala piloto, e até onde se sabe, não há referências quanto ao emprego do drum drying para essa finalidade.

O objetivo geral do projeto será avaliar, empregando a metodologia anteriormente estabelecida, a obtenção de purês de cascas de diferentes variedades de manga, dentre aquelas empregadas industrialmente, bem como do resíduo industrial, tendo em vista a secagem pela tecnologia de drum drying (secagem em cilindro rotativo).

Ver detalhes do projeto

  Silvia Pimentel Marconi Germer      ITAL

Desenvolvimento de formulações de recheios à base de água e frutas para bombons

n° SGP 2074

O objetivo do projeto é estudar, caracterizar e avaliar formulações de recheios com redução no teor de sacarose para bombons. As formulações para recheios à base de água e frutas para bombons com redução de sacarose consistem em um tema pouco estudado. Diversos ingredientes podem ser adicionados à formulação visando á redução da sacarose no recheio. Porém atuam modificando suas características reológicas, cor, palatabilidade além da estabilidade no interior do bombom. Estes fatores devem ser considerados cuidadosamente na escolha dos ingredientes para sua  formulação. Os agentes para a substituição da sacarose devem conferir aos recheios alto teor de sólidos solúveis, baixa atividade de água, inibição da cristalização, corpo, textura, sabor e dulççor realcados, características reológicas semelhantes aos recheios tradicionais. 

Ver detalhes do projeto

  Maria Eugenia Marques de Almeida      ITAL

Desenvolvimento de biscoitos utilizando farinha integral de feijão azuki (Vigna angularis)

n° SGP 2073

Os feijões como “pulses”, denominação de um grupo de leguminosas importantes para a alimentação, por conterem elevados teores de proteínas, baixos teores de lipídios e serem ricos em fibras solúveis, as quais auxiliam na redução do colesterol, controle da diabetes, melhoria da nutrição, benefícios fisiológicos, prevenção de outras doenças como câncer de cólon e coronarianas. Desta forma, como forma de melhorar a qualidade nutricional dos biscoitos e visando elevar o consumo de feijão, almeja-se neste projeto associar a introdução da farinha integral de feijão azuki, com seus vários atributos nutricionais e associados aos benefícios à saúde, em um alimento de amplo espectro de aquisição pela população. O desenvolvimento do biscoito de farinha integral de feijão azuki visa romper paradigmas, disseminando o uso desta leguminosa para outros produtos além dos doces típicos orientais, sendo incorporado nos biscoitos, um produto popular, tornando o mais nutritivo e saudável.

 

Ver detalhes do projeto

  Elizabeth Harumi Nabeshima      ITAL

Influência da micobiota do café de diferentes regiões climáticas brasileiras na bebida.

n° SGP 2072

 Serão analisados um total de 50 amostras de café (Coffea arabica) beneficiadas, que serão fornecidas pelos próprios produtores de várias regiões brasileiras dentre elas: Cerrado, Zona da Mata, Sul de Minas, São Paulo. As amostras serão analisadas quanto a micobiota, isolando cada cepa presente nas amostras e identificando à nível de gênero/espécie. A análise sensorial será realizada com a equipe do Dr Aldir Teixeira da Experimental Agrícola do Brasil Ltda. Os resultados serão comparados a fim de verificar a influência dos fatores climáticos na micobiota do café, e as características sensoriais da bebida.

 

Ver detalhes do projeto

  Marta Hiromi Taniwaki      ITAL

Avaliação do grau de cura de vernizes utilizados em embalagens metálicas de aço por calorimetria exploratória diferencial (DSC)

n° SGP 2069

Aplicar a técnica de calorimetria exploratória diferencial (DSC) para avaliar o grau de cura de vernizes utilizados em embalagens metálicas de forma quantitativa e tentar estabelecer uma correlação entre os resultados obtidos por essa técnica e os métodos tradicionais de avaliação de grau de cura, como absorção de corantes, dissolução em solventes e extração por solventes. 

Esse estudo pretende dar continuidade ao trabalho realizado por Barbutti et al (2013), no qual será explorada a técnica de DSC na avaliação do grau de cura de vernizes aplicados nos materiais metálicos utilizados na fabricação de latas. Uma das dificuldades encontradas no trabalho anterior foi a incerteza da intensidade de cura dos corpos de prova preparados em laboratório, uma vez que com uma estufa convencional utilizada para ensaios não foi possível estabilizar a temperatura desejada pelo fato do tempo de condicionamento ser muito curto. Com isso, nesse estudo será feita uma otimização dessa condição para um tipo de verniz, paralelamente à preparação das amostras nos diferentes graus de cura também na indústria produtora de vernizes, onde as condições dos equipamentos utilizados para esse fim são controladas de forma mais sistemática.

 

 

 

 

Ver detalhes do projeto

  Fiorella Balardin Hellmeister Dantas      ITAL

Estudo visando a aglomeração com vapor de produtos-modelo à base de lipídios.

n° SGP 2068

O objetivo deste estudo é o de aglomerar com vapor alimento em pó à base lipídio, buscando com isso uma otimização da sua reconstituição em líquidos. Vários alimentos em pó possuem lipídios na sua composição, dentre os quais destacam-se dietas enterais (utilizadas em sondas), alimentos para dietas específicas (bebês em fase de aleitamento), ou até cremes à base de gordura e que podem ser aplicados sobre bebidas consumidas quentes (exemplos: cremes para cafés e cappuccinos, tipo chantilly, etc.). Deseja-se que estes produtos se reconstituam em líquidos facilmente, sem a formação de grumos.

 

Ver detalhes do projeto

  Fernanda Zaratini Vissotto      ITAL

Estudo das propriedades físicas, físico-químicas e morforlógicas de ingrediente particulado obtido por co-cristalização e melhoria de processo

n° SGP 2066

O projeto propõe a utilização do processo de co-cristalização para a formação de um ingrediente novo para redução de açúcar em alimentos. Em estudo que vem sendo realizado, foi utilizado o princípio da co-cristalização, ajustando-se o processo para a formação de um sólido particulado cristalino agregando-se uma fibra e um edulcorante natural na matriz de sacarose. Vários testes foram realizados de forma a melhorar as condições operacionais e aumentar o tamanho das bateladas produzidas e o sistema montado em bancada está satisfatório para a produção do co-cristalizado em bateladas mínimas de 2,14 kg, porém ainda há necessidade de melhorar a distribuição granulométrica do particulado obtido e avaliar suas propriedades físicas, físico-químicas e morforlógicas, o que está sendo proposto neste próximo estudo. 

 

Ver detalhes do projeto

  Marise Bonifácio Queiroz      ITAL
  Sobre

O SGP (Sistema de Gestão de Pesquisa) foi implementado em todas as unidades APTA, para centralizar o controle de todos os projetos desenvolvidos sob sua supervisão. [Ler mais]

Endereço APTA – São Paulo

Praça Ramos de Azevedo, 254, 2º andar - República, São Paulo - SP

Fone : (11) 5067-0447 e 5067-0427

  Endereço APTA – Campinas

Avenida Barão de Itapura, 1481 - Botafogo, Campinas - SP

Fone : (19) 2137-8930