Detalhes do projeto SGP 1073

Página Inicial / Busca de Projetos / Detalhes do projeto

INDICADORES DE SUSTENTABILIDADE NO POLICULTIVO DE CAMARÕES DE ÁGUA DOCE MacrobrachiumrosenbergiiE LAMBARIS Astianaxaltiparanae

Coordenador(a): Sergio Henrique Canello Schalch

Vigência do projeto

01/07/2016 até 28/06/2018

Unidade responsável

DDD, Polo Regional Vale do Paraíba

IP, Centro de Pescado Continental

Área Estratégica

sustentabilidade ambiental

Linha de Pesquisa

Estudos Econômicos e Sociais

 

O projeto será desenvolvido em dois anos consecutivos no Setor de Aquicultura do Polo Regional do Vale do Paraíba – APTA Regional, Pindamonhangaba (SP), utilizando 16 viveiros com 16 m2 cada.O objetivo será avaliar o desempenho produtivo e a sustentabilidade econômica e ambiental de dois sistemas de produção de camarões de água doce Macrobrachium rosenbergii em policultivo com lambaris Astyanax altiparanae.No Sistema 1 (primeiro ano do projeto), os lambaris serão confinados em tanques rede (TR) e os camarões serão cultivados livremente nos viveiros, nos seguintestratamentos:  A - Monocultivo de lambaris em TR na densidade de 50m-3 de viveiro; B – Monocultivo de camarões no viveiro, na densidade de 10m-2 de viveiro; C - Policultivo de lambaris em TR a 50 m-3 e camarões livres a 10 m-2 e D – Policultivo de lambaris em TR a 25m-3 e camarões livres a 10 m-2. No Sistema 2 (segundo ano do projeto), os lambaris e os camarões serão cultivados livremente no viveiro, nos seguintes tratamentos: A - Monocultivo de lambaris na densidade de 50 m-3 de viveiro; B – Monocultivo de camarões na densidade de 10 m-2 de viveiro; C - Policultivo de lambaris a 50 m-3 e camarões a 10 m-2 e D – Policultivo de lambaris a 25 m-3 e camarões a 10 m-2. Cada experimento terá a duração de 150 dias eserá utilizada uma ANOVA para testar os indicadores propostos. Os parâmetros zootécnicos a serem avaliados serão: sobrevivência, peso e comprimento médios individuais, biomassa, taxa de crescimento específico (SGR) e taxa de eficiência alimentar aparente (FCE). A sustentabilidade ambiental será medida pelaquantidade e eficiência do uso dos recursos nitrogênio, fósforo, água e espaço, além da avaliação sanitária dos animais cultivados.A sustentabilidade econômica será avaliada pelos indicadores econômicoscomumente utilizados na literatura para essa finalidade.

  Sobre

O SGP (Sistema de Gestão de Pesquisa) foi implementado em todas as unidades APTA, para centralizar o controle de todos os projetos desenvolvidos sob sua supervisão. [Ler mais]

Endereço APTA – São Paulo

Praça Ramos de Azevedo, 254, 2º andar - República, São Paulo - SP

Fone : (11) 5067-0447 e 5067-0427

  Endereço APTA – Campinas

Avenida Barão de Itapura, 1481 - Botafogo, Campinas - SP

Fone : (19) 2137-8930