Detalhes do projeto SGP 1531

Página Inicial / Busca de Projetos / Detalhes do projeto

Estudo morfológico e molecular de espécies do filo Oomycota isoladas de cultivo de truta arco-íris (Oncorhynchus mykiss Walbaum) em Campos do Jordão, estado de São Paulo, Brasil

Coordenador(a): Yara Aiko Tabata

Vigência do projeto

01/07/2016 até 28/06/2020

Unidade responsável

IP, Centro de Pesquisa de Aquicultura

Área Estratégica

sanidade animal

Linha de Pesquisa

Avaliação e controle de qualidade de produtos e processos

 

A truta arco-íris (Oncorhynchus mykiss Walbaum), originária da América do Norte e introduzida no Brasil na década de 40, é hoje um exemplo de sucesso na criação de peixes em regiões frias e montanhosas do país. No entanto, problemas com parasitas tem causado preocupação aos piscicultores, pois os patógenos afetam a qualidade do pescado e interferem no sistema de cultivo. Saprolegniose, doença causada por oomicetos do gênero Saprolegnia, é a mais conhecida das parasitoses e está presente principalmente nos ovos de O. mykiss. Representantes de outros gêneros do filo Oomycota também são normalmente registrados como patógenos, tais como AchlyaAphanomyces e Dictyuchus. Em vista disto, o presente projeto foi elaborado com o objetivo de avaliar a riqueza e a diversidade dos representantes do filo Oomycota em truticulturas localizadas em Campos do Jordão, em diferentes fases do cultivo do peixe. Para isto, serão coletadas amostras da água que abastecem os sistemas; dos tanques de criação, nas diferentes fases de desenvolvimento da truta; bem como da água de saída dos tanques. Em laboratório, as amostras serão tratadas pelo método de iscagem múltipla com substratos celulósicos e queratinosos, a fim de se obter o maior número de espécimes. Peixes e ovos sintomáticos serão também analisados por meio de coleta direta do micélio e posterior inoculação em meio de cultura. As espécies serão identificadas por meio de análises morfológicas e moleculares, documentadas, descritas e incorporadas ao acervo do Instituto de Botânica (CCIBt e/ou Herbário SP). As sequências obtidas serão disponibilizadas no banco de dados do GenBank. Este projeto é pioneiro no Brasil considerando o estudo da diversidade de oomicetos em sistema de cultivo de truta, bem como nas diferentes fases de desenvolvimento do peixe, possibilitando assim a detecção dos pontos de entrada dos eventuais patógenos no sistema.
 

  Sobre

O SGP (Sistema de Gestão de Pesquisa) foi implementado em todas as unidades APTA, para centralizar o controle de todos os projetos desenvolvidos sob sua supervisão. [Ler mais]

Endereço APTA – São Paulo

Praça Ramos de Azevedo, 254, 2º andar - República, São Paulo - SP

Fone : (11) 5067-0447 e 5067-0427

  Endereço APTA – Campinas

Avenida Barão de Itapura, 1481 - Botafogo, Campinas - SP

Fone : (19) 2137-8930