Detalhes do projeto SGP 1688

Página Inicial / Busca de Projetos / Detalhes do projeto

ENXOFRE, GESSAGEM E ADUBAÇÃO ORGÂNICA NA PRODUTIVIDADE E QUALIDADE DE COUVE-DE-FOLHA

Coordenador(a): MAURÍCIO DOMINGUEZ NASSER

Vigência do projeto

01/07/2016 até 28/06/2018

Unidade responsável

DDD, Polo Regional Alta Paulista

IAC, Centro de Horticultura

Área Estratégica

agricultura familiar

Linha de Pesquisa

Sistemas de produção

 

As Brássicas são exigentes em enxofre, e segundo Raij (2011) o enxofre (S) está presente em todas as proteínas da planta, sua absorção ocorre na forma aniônica de sulfato (SO4 2-), localiza-se em geral na matéria orgânica, e o restante na atmosfera, como gás sulfúrico. Na deficiência deste macronutriente, não ocorre a síntese de proteína, porque não serão produzidos aminoácidos essenciais como cistina (C6H12N2O4S2) e metionina (C5H11NO2S),  resultando em plantas com menor  teor  de clorofila e raízes menos desenvolvidas.

Não há duvidas quanto à eficiência deste nutriente, mas a grande dificuldade da utilização de S consiste na ausência dele nas formulações NPK. No entanto, pode-se encontrar no mercado de insumos diversos fertilizantes que contém certa quantidade de S como superfosfato simples, sulfato de amônio e sulfato de potássio (RAIJ, 2011).

Também a gessagem pode contribuir com o fornecimento de cálcio e enxofre na forma de sulfato de cálcio. O gesso pode diminuir a toxidez do alumínio, favorecendo o sistema radicular se desenvolver em profundidade, o que permite maior absorção de água, resultando em maior resistência à seca (QUAGGIO, 2000; RAIJ, 2008).

Vários nutrientes, inclusive o enxofre, podem ser fornecidos através de uma adubação orgânica, com destaque ao composto orgânico, que via de regra, a presença do nutriente estará em função da característica da matéria-prima utilizada (OLIVEIRA; LIMA; CAJAZEIRA, 2004)

Devido à falta de dados e pesquisas realizadas com a cultura da couve-de-folha, muitos resultados obtidos com a cultura da couve-flor e outras brássicas são usados para esta olerícola.   

Neste sentido, o trabalho tem como objetivo avaliar a utilização do enxofre, gesso e adubação orgânica na produtividade e qualidade de couve-de-folha.

 O experimento será conduzido na Fazenda Experimental São Manuel, pertencente à Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA) da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Campus de Botucatu, localizada no município de São Manuel-SP.  As coordenadas geográficas são 22º 46’ de latitude sul, 48º 34’ de longitude oeste de Greenwich e altitude de 750m. 

Serão estudados doze tratamentos, em esquemas de parcelas subdivididas, sendo três tipos de preparo de solo as parcelas, e quatro doses de enxofre em cobertura as subparcelas. Os três tipos de preparo de solo serão obtidos com a incorporação em pré-plantio (2 dias antes do transplante das mudas) de composto orgânico (3 kg m-2, ou seja, 30 t ha-1) marca Visafértil; gesso agrícola (0,120 kg m-2 , ou seja, 1,2 t ha-1); composto orgânico (3 kg m-2, ou seja, 30 t ha-1) mais gesso agrícola (0,120 kg m-2 , ou seja, 1,2 t ha-1). As doses de enxofre em cobertura serão de 0; 13,33; 26,67 e 40,00 kg ha-1 de S, correspondendo a 0; 66,50; 133,00 e 200,00 kg ha-1 de sulfato de amônio. Para uniformizar a dose de N em cobertura (40,00 kg ha-1 de N), serão utilizados 90,00; 59,30; 29,80 e 0,00 kg ha-1 de ureia. As doses totais serão parceladas em 7 aplicações, a cada 14 dias. Os adubos serão aplicados ao redor de cada planta individualmente. Também será aplicado cloreto de potássio (20,00 kg ha-1 de K2O).

O delineamento experimental será em blocos ao caso, com quatro repetições, com 18 plantas por parcela distribuídas em três linhas de plantio com disposição de triângulo, sendo avaliadas as quatro plantas centrais, consideradas como parcela útil.

  Sobre

O SGP (Sistema de Gestão de Pesquisa) foi implementado em todas as unidades APTA, para centralizar o controle de todos os projetos desenvolvidos sob sua supervisão. [Ler mais]

Endereço APTA – São Paulo

Praça Ramos de Azevedo, 254, 2º andar - República, São Paulo - SP

Fone : (11) 5067-0447 e 5067-0427

  Endereço APTA – Campinas

Avenida Barão de Itapura, 1481 - Botafogo, Campinas - SP

Fone : (19) 2137-8930