Detalhes do projeto SGP 1299

Página Inicial / Busca de Projetos / Detalhes do projeto

DETERMINAÇÃO DE PROCESSO DE SECAGEM DE FOLHAS DE OLIVEIRA (Olea europaea L.)

Coordenador(a): Patricia Prati

Vigência do projeto

01/08/2016 até 28/02/2017

Unidade responsável

DDD, Polo Regional Centro Sul

ITAL, Centro de Tecnologia de Frutas e Hortaliças

Área Estratégica

produtos e processos inovadores

Linha de Pesquisa

Engenharia e tecnologia de alimentos

 

Introdução

As oliveiras conhecidas cientificamente como Olea europaea L., família Oleaceae., são árvores nativas da parte oriental do Mar Mediterrâneo. O chá das folhas de oliveiras possui grandes quantidades de potássio, magnésio, maganês, fósforo, selênio, cobre e zinco, sendo considerado 300% mais poderoso que o chá verde. Possui ação antioxidante sendo indicado em afecções cardiovasculares, hipertensões moderadas, prevenção de arteriosclerose além de possuir efeito diurético, ação hipotensora, hipoglicemiante, antisséptico, antiobiótico, antipirético e simpaticolítico. O chá também pode ser utilizado no alívio do cansaço, fadiga, estresse, prisão de ventre, e auxilia no fortalecimento dos cabelos, unhas e sobre a pele, diminuindo marcas de expressão (GEORGIA, 2016).

A nutricionista Lucilia Diniz (DINIZ, 2016) afirma em seu blog que estudos da University of Michigan Health System apontam evidências de que a substância oleuropeína limpa o açúcar do sangue, ou seja, a infusão age com muito rigor nas gorduras acumuladas na região abdominal. As substâncias minerais presentes em alta concentração nas folhas são altamente antioxidantes, sendo ultra eficientes contra o envelhecimento e ainda estimulantes do metabolismo, que elimina gorduras com mais rapidez. Ela ainda arrisca recomendar que para o chá começar a mostrar seus benefícios, o indicado é que se ingira de 3 a 4 xícaras por dia, em um período de 3 a 4 meses.

De acordo com estudos de Brown et al. (2010), de Bock et al. (2013), El & Karakaya (2009), Soler-Rivas et al. (2000), Mijatovik et al. (2011) e Dekanski et al. (2009) é possível listar os 10 maiores benefícios do chá de oliveira para boa forma e saúde, e entender para que serve e quais propriedades se destacam.

1. Auxilia no emagrecimento

A folha de oliveira é rica em diversos compostos (sendo o principal a oleuropeína) que estão presentes em quantidades bem menores no óleo de oliva, motivo pelo qual as propriedades do chá de oliveira podem ser um pouco diferentes daquelas do azeite. É possível afirmar que o chá de oliveira pode ajudar a emagrecer por 3 motivos:

a) Diminuição das inflamações - ainda que mais pesquisas sejam necessárias, o mais importante estudo sobre os efeitos da folha de oliveira no emagrecimento foram feitos na Universidade de Southern Queensland, na Austrália. No artigo publicado em 2010 no American Journal of Nutrition, pesquisadores afirmam terem descoberto importantes propriedades do extrato de folha de oliveira na luta contra o sobrepeso. Para a Dra. Lindsay Brown, pesquisadora que liderou o estudo, as folhas de oliveira podem ajudar a emagrecer graças às suas propriedades anti-inflamatórias, uma vez que as inflamações são umas das maiores vilãs do sobrepeso.

b) Aumento da sensibilidade à insulina - em um estudo feito com pessoas acima do peso, a suplementação com extrato de folhas de oliveira (com alta concentração de oleuropeína e hidroxitirosol) feita durante seis semanas foi responsável por um aumento de 15% na sensibilidade à insulina. E apesar de haver menos insulina em circulação, ainda assim os níveis de glicose na corrente sanguínea chegaram a cair quase que pela metade, evidenciando a atuação da folha de oliveira no controle da glicemia sanguínea. Na prática, menos insulina significa um menor acúmulo de gordura na região abdominal e uma necessidade também menor de consumir mais calorias para regular os níveis de glicose.

c) Aceleração do metabolismo - ainda que o mecanismo de ação não seja totalmente conhecido, acredita-se que o chá de oliveira estimule o metabolismo devido à sua atuação na glândula tireoide e nas catecolaminas, que são neurotransmissores (como a adrenalina e a noradrenalina) secretados pela glândula suprarrenal e que podem acelerar a queima de gorduras. Por esse motivo, diz-se que o chá de oliveira queima gorduras, pois o metabolismo acelerado exige mais energia, e se esta não chega através da alimentação, o corpo é obrigado a retirá-la do excesso de gordura.

2. Protege o coração

Além de colaborar com a perda de peso, podemos dizer que esse é um dos maiores benefícios do chá de oliveira: a diminuição dos riscos de complicações cardíacas. Alguns dos compostos presentes na folha da oliveira inibem a oxidação do LDL – o mau colesterol – e evitam assim que ele se deposite nas paredes das artérias, causando arteriosclerose e infarto.

3. Controla a Pressão

Os compostos fitoquímicos do chá de oliveira (sobretudo a oleuropeína) também reduzem as inflamações (que por sinal são a maior causa de doenças cardíacas) e estimulam a circulação, relaxando as artérias e causando uma diminuição na pressão arterial. Além de evidentemente reduzir os riscos de condições associadas à pressão alta, esses benefícios do chá de oliveira também trazem mais proteção ao coração, que poderá se ver livre de variações no fluxo sanguíneo e também nas arritmias.

4. Diminui o Colesterol

A oleuropeína, substância encontrada na folha de oliveira, reduz a oxidação das lipoproteínas de baixa densidade – ou LDL, o colesterol ruim. Ao ser oxidada, a molécula de colesterol vai diretamente para a parede das artérias, onde irá estimular o acúmulo de células inflamatórias e causar a formação de uma placa, o que, como já vimos, poderá eventualmente causar entupimento do vaso sanguíneo e provocar um infarto.

5. Protege o Fígado

Mais um dos benefícios do chá de oliveira para quem está precisando emagrecer é a sua propriedade hepatoprotetora, ou seja, o chá mantém o fígado trabalhando de maneira adequada, o que evita o acúmulo de gordura no órgão (condição conhecida como esteatose hepática) e permite que as toxinas sejam eliminadas de maneira eficiente.

6. Previne o Envelhecimento Precoce

O chá de oliveira é rico em antioxidantes que protegem o corpo contra a ação dos radicais livres, prolongando assim a saúde e prevenindo o envelhecimento precoce. Nas folhas de oliveira podemos encontrar os antioxidantes resveratrol (o mesmo que também está presente na uva), tirosol, oleuropeína e hidroxitirosol, sendo estes dois últimos dois dos fitoquímicos mais importantes para nossa saúde. Embora pouco conhecido, o hidroxitirosol é certamente merecedor de mais atenção por nossa parte, uma vez que seu potencial antioxidante é maior inclusive que o do chá verde. Apesar da importância das duas bebidas, o hidroxitirosol tem uma capacidade de absorção de radicais livres 10 vezes maior que a do chá verde.

7. Fortalece o Sistema Imunológico

Alguns compostos encontrados na folha de oliveira (oleuropeína, hidroxitirosol, flavonóides e polifenóis) são responsáveis pelo fortalecimento das linhas de defesa do organismo contra vírus, fungos e bactérias. Assim, o consumo regular de chá de oliveira pode fortalecer o sistema imunológico e auxiliá-lo na prevenção e combate a diversas doenças, como herpes, pneumonia, gripe, infecções dentárias e de ouvido.

8. Combate a Osteoporose

Em um estudo publicado recentemente na revista “Osteoporosis International” pesquisadores demonstraram que a oleuropeína presente nas folhas de oliveira foi capaz de estimular tanto um aumento do número quanto da atividade das células ósseas (osteoblastos). Ainda de acordo com os responsáveis pelo estudo, a oleuropeína pode ser utilizada para aumentar a produção de osteoblastos, o que por sua vez pode prevenir a perda de massa óssea associada ao envelhecimento e também à osteoporose.

9. É um diurético natural

Estudos têm evidenciado outra propriedade da oleuropeína: sua capacidade para atuar como um diurético natural. O consumo regular de chá de oliveira pode ajudá-lo a reduzir a retenção de líquido e também aumentar a eliminação de toxinas – dois fatores importantes para quem está precisando perder peso. E graças às suas propriedades antibacterianas e antivirais, o chá de oliveira pode atuar na prevenção e tratamento das infecções urinárias e dos cálculos biliares.

10. Possui Propriedades anti-inflamatórias

Os mesmos flavonoides que fornecem tantos outros benefícios do chá de oliveira também conferem a ele propriedades anti-inflamatórias. E você já sabe que, ao reduzir inflamações no corpo, você pode diminuir significativamente as causas e os sintomas de inúmeras doenças, como a dor crônica, artrite, doença cardíaca e até mesmo alguns tipos de câncer.

Objetivo

O objetivo do estudo é avaliar o processo de secagem de folhas de oliveira em secador de bandeja de gabinete, com circulação e renovação de ar.

Metodologia

As folhas recém-colhidas serão encaminhadas ao laboratório de pós-colheita e processamento do Polo Centro Sul/APTA sendo então lavadas em água corrente. O excesso de água será removido por agitação dos galhos e as folhas serão separadas manualmente. A seguir, serão pesadas porções de 100g de amostras de folhas colocadas em sacos de papel Kraft, sendo separadas quatro amostras para controle, o qual será pesado de hora em hora até 12 horas de secagem a 40ºC em secador de bandeja de gabinete, com circulação e renovação de ar. Também serão preparadas amostras em triplicata que serão retiradas de hora em hora para determinação da umidade e consequentemente da curva de secagem das folhas.

Todo esse material será submetido à análise de sólidos totais e umidade, além de cinzas pelas seguintes metodologias:

a) teor de sólidos totais (%): determinado pelo método gravimétrico no 964.22 da AOAC, 2000;

b) teor de umidade (%): determinado por diferença do numeral 100 e o teor de sólidos totais;

c) cinzas (%): pelo método gravimétrico nº 940.26 da AOAC (1997).

Paralelamente, será efetuada a secagem natural, por exposição ao sol, procedendo-se da mesma maneira no preparo do material, o qual será arranjado em superfície limpa até secagem completa das folhas.

Referências

AOAC.  ASSOCIATION OF OFICIAL ANALYTICAL CHEMISTS.  Official methods of analysis.  16th ed. Washington D.C.: AOAC, 1997. v.2.

AOAC. Association of Official Analytical Chemists. Official methods of analysis.  Edited by Patricia Cunniff .17th ed., v.2., cap.37, 42 e 44, 2000.

BROWN, L; CAMPBELL, F.; POUDYAL, H. Olive leaf extract attenuates cardiac, hepatic, and metabolic changes in high carbohydrate–, high fat–fed rats. The Journal of Nutrition (2010) n.140, p.946-953 (may). doi:10.3945/jn.109.117812.  Disponível em http://jn.nutrition.org/content/140/5/946.full.

de BOCK M.; DERRAIK, J.G.; BRENNAN C.M.; BIGGS, J.B.; MORGAN, P.E.; HODGKINSON, S.C.; HOFMAN, P.L.; CUTFIELD, W.S. Olive (Olea europaea L.) leaf polyphenols improve insulin sensitivity in middle-aged overweight men: a randomized, placebo-controlled, crossover trial. PLoS One (2013), v.8, n.3. doi: 10.1371/journal.pone.0057622. Disponível em http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23516412.

DEKANSKI, D.; JANICIJEVIC-HUDOMAL, S.; TADIC, V.; MARKOVIC, G.; ARSIC, I.; MITROVIC, D.M. Phytochemical analysis and gastroprotective activity of an olive leaf extract. Journal of the Serbian Chemical Society (2009), v.74, n.4, p.367 (apr.). Disponível em http://connection.ebscohost.com/c/articles/39342378/phytochemical-analysis-gastroprotective-activity-

DINIZ, L. O poder do chá de folha de oliveira. Acessado em 22/08/2016. Disponível em http://luciliadiniz.com/o-poder-cha-de-folha-de-oliveira/

EL, S.N.; KARAKAYA, S. Olive tree (Olea europaea) leaves: potential beneficial effects on human health. Nutrition Review (2009), n.67, p.632–638. Disponível em http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19906250.

GEORGIA, N. Chá de oliveira – para que serve? Acessado em 11/08/2016. Disponível em http://www.remedio-caseiro.com/cha-de-oliveira-para-que-serve/

MIJATOVIC, S.A.; TIMOTIJEVIC, G.S.; MILJKOVIC, D.M.; RADOVIC, J.M.; MAKSIMOVIC-IVANIC, D.D.; DEKANSKI, D.P.; STOSIC-GRUJICIC, S.D. Multiple antimelanoma potential of dry olive leaf extract . Intitute of Journal of Cancer (2011), v.128, n.8, p.1955-1965 (apr.). doi: 10.1002/ijc.25526.. Disponível em http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20568104.

SOLER-RIVAS, C.; ESPIN, J.C.; WICHERS, H.J. Oleuropein and related compounds. Journal of Science and Food Agriculture (2000), v.80, n.715, p.1013–1023 (may). Disponível em  http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/%28SICI%291097-0010%2820000515%2980:7%3C1013::AID-JSFA571%3E3.0.CO;2-C/abstract.

  Sobre

O SGP (Sistema de Gestão de Pesquisa) foi implementado em todas as unidades APTA, para centralizar o controle de todos os projetos desenvolvidos sob sua supervisão. [Ler mais]

Endereço APTA – São Paulo

Praça Ramos de Azevedo, 254, 2º andar - República, São Paulo - SP

Fone : (11) 5067-0447 e 5067-0427

  Endereço APTA – Campinas

Avenida Barão de Itapura, 1481 - Botafogo, Campinas - SP

Fone : (19) 2137-8930